Royal Enfield Scram 411: Pronta para a aventura

Fonte: Royal Enfield

A Royal Enfield deu a conhecer a Scram 411 − a primeira Crossover de aventura da marca. A nova Scram 411 é uma scrambler urbana envolvente, acessível e capaz, com o coração de uma moto de aventura. Construída com base na plataforma do motor LS-410 da Royal Enfield, já com provas dadas, e na ciclística de elevado desempenho desenvolvida pela Harris Performance, a Scram 411 combina uma agilidade cheia de energia para o meio urbano com uma enorme competência para as estradas mais duras. As alterações específicas e bem determinadas na geometria de condução e na ergonomia tornam-na ideal, tanto para a condução citadina, como para os imprevisíveis e desafiantes caminhos fora da malha urbana.

Fonte: Royal Enfield

A Scram 411 dá continuidade à procura incessante da Royal Enfield de proporcionar o prazer da exploração e de construir motos que são o aliado perfeito para qualquer aventura. Uma dessas motos é a Himalayan − a primeira criação da Royal Enfield destinada a ser especificamente um moto de aventura. Inspirada nos seus caminhos e em décadas de experiência na condução de motos nos Himalaias, a Himalayan é a moto espartana, mas com imensas capacidades, perfeita para a maior parte dos motociclistas, que tem dado origem a uma crescente subcultura de aventureiros por todo o mundo. Lançada em 2016, a Himalayan recebeu o reconhecimento global pelo seu design puro e exclusivo e pelas suas abrangentes capacidades, colocando-a entre as motos da Royal Enfield mais vendidas em todo o mundo. Estas caraterísticas da Himalayan, apreciadas por todos e testadas no terreno, foram a inspiração para a evolução para um estilo mais urbano e de tipo scrambler − a Scram 411.

Fonte: Royal Enfield

A Scram 411 é uma nova subespécie, que possui as capacidades autênticas de uma scrambler e um forte ADN aventureiro de base. É uma moto extremamente ágil para os ambientes urbanos, mas possuidora de uma enorme capacidade multifacetada, sempre pronta para o que lhe surgir pela frente.

Fonte: Royal Enfield

A Scram 411 possui um motor monocilíndrico bem conhecido e apreciado de 411 cc, a quatro tempos, com injeção de combustível, SOHC e arrefecido a ar/óleo. O motor tem uma potência máxima de 24,3 cv às 6500 rpm e um binário máximo de 32 Nm às 4000-4500 rpm, que garante uma potência suave e um grande binário de base, que melhora o desempenho global. A moto é fácil de manobrar nas longas viagens urbanas com um mínimo de mudanças de caixa, enquanto o desempenho fiável do motor lhe permite enfrentar sem problemas as estradas em mau estado e os troços fora de estrada.

Fonte: Royal Enfield

A suspensão telescópica dianteira, com bainhas de 41 mm e um curso de 190 mm, juntamente com o curso traseiro de 180 mm, garantem uma condução estável e de confiança, em condições variáveis e duras.  O disco dianteiro e traseiro, combinados com um ABS de dois canais, asseguram uma travagem fiável.

Fonte: Royal Enfield

A alteração na geometria de condução é conseguida pelo polivalente pneu dianteiro de 19 polegadas. Juntamente com o pneu traseiro de 17 polegadas, são os elementos-chave que garantem a agilidade na condução da moto. Os pneus polivalentes asseguram uma aderência fiável no pavimento de asfalto e na gravilha solta, ao mesmo tempo que permitem a combinação perfeita entre aderência em estrada e manobrabilidade em off-road.

Fonte: Royal Enfield

O assento da nova Scram 411 foi redesenhado, para maior conforto durante viagens longas. O novo assento único, que reflete o estilo urbano da moto, oferece grande conforto para o motociclista e o passageiro, tanto nos longos percursos urbanos, como nas estradas mais agrestes. A altura acessível do assento facilita as manobras da moto em situações de para-arranca no trânsito. A ergonomia de condução da Scram 411 é muito agradável. A posição do guiador e a altura do assento garantem uma experiência de condução dinâmica e envolvente. A posição de condução é confortável e facilita o controlo, ao mesmo tempo que torna a moto fácil de conduzir, seja sentado ou de pé.

A nova moto possui um painel de instrumentos digital-analógico, que permite um acesso fácil à informação essencial no ecrã digital. O velocímetro destacado, de estilo retro, aumenta o estilo da Scram e facilita a visibilidade com a visão periférica. O painel de instrumentos possui igualmente conta-rotações, contador de quilometragem parcial, relógio, indicador de nível de combustível com avisador de reserva e alerta de manutenção. O sistema de navegação Royal Enfield Tripper é disponibilizado de série em todas as variantes da Scram 411.

Fonte: Royal Enfield

A nova e vibrante gama de cores foi concebida para se destacar e reflete uma distinta vibração urbana, com tons escuros combinados com cores vivas, para sobressair e se enquadrar na cultura da arte urbana. As variantes de entrada de gama da Scram 411 vêm nas cores Graphite Yellow, Graphite Red e Graphite Blue (PVPR 5.249€) − todas com depósitos em cor ‘Gun Grey’, complementados com coloridos emblemas distintivos e faixas nas jantes a condizer. A variante topo de gama surge em duas gamas de cores − White Flame e Silver Spirit – (PVPR 5.449€) com depósitos em duas cores, com desenhos exclusivos e originais.

Fonte: Royal Enfield

A Scram 411 chega pronta para a aventura, com uma vasta gama de acessórios que complementam o estilo de vida e maximizam o conforto, a proteção e o estilo. Ideais para a condução em ambiente urbano e para as escapadelas de fim de semana, os acessórios para motos genuínos da Royal Enfield têm uma garantia total de 3 anos e têm as mesmas homologações da própria moto.

Fonte: Royal Enfield

A Scram 411 foi apresentada ao público global, através do lançamento digital na Índia, com a apresentação total à imprensa europeia definida para o final de abril e o início das vendas e dos test-rides previsto para o início de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You May Also Like