Novo estudo revela que carros autónomos não são seguros para as motos

Fonte:Motociclismo.com

Um livro publicado pela Connected Motorcycle Consortium encontrou várias falhas na tecnologia autónoma dos automóveis com condução autónoma.

É claro que já há algum tempo que os carros autónomos têm vindo a desenvolver-se. Todos sabemos da Tesla, mas outros fabricantes, mais estabelecidos, estão também a caminhar nessa direcção.

No início deste ano, as Nações Unidas (ONU) anunciaram que o limite de velocidade dos automóveis com condução autónoma seria aumentado, e que seriam introduzidos novos testes para assegurar uma melhor detecção dos motociclistas, já referenciado numa notícia anterior no nosso site do Motociclismo.

Fonte:https://www.cnnbrasil.com.br

Em seguida, há algumas semanas, o governo britânico anunciou planos para que a partir do próximo ano seja permitida a circulação de veículos autónomos nas estradas do país, com planos para a sua plena implementação até 2025.

Apesar disso, persistem as preocupações de que os veículos autónomos ainda não tenham capacidades de detecção suficientes para os tornar seguros em torno de veículos de duas rodas (PTW) motorizados. 

A Connected Motorcycle Consortium (CMC) publicou um livro  discutindo as capacidades de detecção de veículos autónomos em relação aos PTWs. 

Como disse a Associação Europeia de Fabricantes de Motociclos (ACEM), “a detecção fiável de PTWs por veículos de passageiros ADAS é absolutamente essencial para evitar colisões carro-PTW e para diminuir o número de acidentes de motos. Os automóveis de passageiros devem ser capazes de reconhecer adequadamente as manobras de motos no trânsito normal, tais como, inclinar-se nas curvas ou dividir as faixas”.

Fonte:https://www.cnnbrasil.com.br

O documento publicado pela CMC descobriu que a utilização contínua de Sistemas Avançados de Assistência à Condução (ADAS) pode levar os condutores desses veículos a tornarem-se cada vez mais dependentes dessa tecnologia, e “menos atentos à tarefa de condução”. Em resultado disto, a CMC diz que as colisões veículo-com-PTW podem aumentar, mesmo quando as colisões veículo-com-automóvel diminuam. 

Outra descoberta do CMC foi que pequenos objectos – incluindo PTWs – podem ser detectados mas com um certo atraso. A CMC sugere que “se um PTW for detectado com atraso em certos casos, é necessário avaliar se esse atraso é aceitável para um condutor reagir a tempo de evitar uma colisão”.

Existem também problemas relacionados com a “Secção Cruzada do Radar” (RCS). Esta é essencialmente a quantidade de ondas de radar que um objecto reflecte de volta ao transmissor de radar. Um objecto maior reflectirá mais do que um objecto mais pequeno, por exemplo. A detecção também é afetada pela Relação Sinal/Ruído (SNR). A SNR pode ser pensada como um filtro, que ignora todas as pequenas detecções de radar (o CMC usa a palavra “desordem”) e concentra-se nas grandes. No entanto, se o SNR for demasiado alto, pode ignorar as pequenas mas relevantes detecções de radar, incluindo PTWs. Por outro lado, se for colocado demasiado baixo, o ADAS terá em conta as detecções pequenas e irrelevantes (“desordem”).

Fonte:https://www.cnnbrasil.com.br

Se o RCS de um veículo for menor do que a Relação Sinal/Ruído (SNR), então a detecção do referido veículo é enfraquecida. Além disso, se houver outros objectos com um RCS mais elevado, a detecção de veículos com um RCs mais baixo (ou seja, PTWs) pode ser restringida. 

Há também um problema de detecção semelhante com sistemas ADAS baseados em câmaras, onde duas luzes traseiras posicionadas próximas umas das outras podem aparecer como um conjunto normal de luzes traseiras num carro mais distante. Esta é uma hipótese que poderia potencialmente explicar dois casos recentes de veículos autónomos da Tesla a baterem por trás em duas motos por trás. 

A conclusão do documento da CMC é que será necessário avançar ainda mais nesta tecnologia para que os veículos ADAS tenham um “foco especial na detecção de PTW” nos seus testes.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You May Also Like