LiveWire prevê números ambiciosos: 100.000 unidades vendidas até 2026

Fonte: livewire.com

Como já reportámos aqui, a Harley-Davidson (HD) separou o departamento das motos elétricas das motos a combustão, nascendo assim a LiveWire. Apesar do início de vida da marca não estar a ter o sucesso desejado, isso não impede a marca norte americana de criar metas ambiciosas para os próximos anos.

Fonte: livewire.com

Até ao final de 2021 a LiveWire tinha vendido apenas 387 em todo o mundo, o que se distancia, e muito, dos números ambiciosos de unidades totais vendidas até 2026. Numa matemática rápida, e mesmo com uma média de 500 unidades vendidas por ano, a marca de Milwaukee teria apenas 2.500 motos vendidas em 2026.

Fonte: livewire.com

Mas agora vem a parte mais surpreendente. Este número que a LiveWire apresenta, são números anuais e não um total até 2026. É verdade que a HD está a preparar novos modelos elétricos e o mercado das motos elétricas tem mostrado estar em grande crescimento. Ainda assim, sabendo que a Harley-Davidson vendeu um pouco menos de 200.000 unidades no mundo todo, em 2021, seria necessário quase uma revolução, de forma a que a marca consiga atingir a meta das 100.000 motos elétricas vendidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You May Also Like