Kawasaki faz parceria com a Toyota num grande negócio de desenvolvimento de motores a hidrogénio

Fonte:https://hydrogen-central.com

A Kawasaki anuncia que irá colaborar com a Toyota – o maior fabricante de automóveis do mundo – no desenvolvimento e infra-estrutura de energia de hidrogénio.

Advertisements

Já um dos fabricantes mais proactivos no que diz respeito ao desenvolvimento de alternativas sustentáveis à prova de futuro ao ICE – incluindo a tecnologia híbrida e eléctrica – está também a avançar com inovações na energia do hidrogénio.

Fonte:https://hydrogen-central.com

Embora a Kawasaki se destaque dos seus rivais por investir na tecnologia do hidrogénio, tem enfatizado o seu compromisso ao unir forças com a Toyota, o maior fabricante de automóveis do mundo.

O acordo com a Toyota oferece muitos benefícios à Kawasaki, sobretudo o facto de a empresa japonesa já se encontrar numa fase avançada de inovação nesta área há cerca de 30 anos, acelerando assim o desenvolvimento. A empresa lançou mesmo o Toyota Mirai – o primeiro carro a pilhas de hidrogénio comercialmente disponível – do qual mais de 2.600 exemplos foram vendidos a nível mundial.

Fonte:https://hydrogen-central.com

O acordo foi fechado no início deste mês quando o Presidente da Toyota Akio Toyoda conduziu um ATV Kawasaki a hidrogénio em Motegi utilizando um motor desenvolvido para a utilização numa moto. “Deve haver uma variedade de opções para reduzir as emissões de dióxido de carbono”, disse Toyoda aos repórteres no evento. “Espero que o governo apoie a produção através de inovações tecnológicas como esta, em vez de nos impedir com regulamentos”.

Numa altura em que a indústria das motos está a preparar-se para a eliminação progressiva dos ICE alimentados a combustíveis fósseis a favor da próxima geração de unidades eléctricas, a Kawasaki já está a explorar outros meios sustentáveis de energia dos veículos.

Fonte:https://hydrogen-central.com

De facto, enquanto a indústria de duas rodas tem sido lenta a iniciar uma mudança para uma energia alternativa pronta para 2035-2040 – quando os ICE são proibidos para utilização em modelos novos – a Kawasaki não fez segredo dos seus ambiciosos planos para se adaptar à nova realidade.

Depois de anunciar no EICMA de 2021 que planeia ter abandonado completamente a utilização do ICE em toda a sua gama até 2035, a Kawasaki deverá revelar a sua primeira moto eléctrica no evento deste ano, mais uma moto desportiva que utiliza tecnologia híbrida.

Fonte:https://hydrogen-central.com

No entanto, embora o hidrogénio tenha benefícios notáveis sobre os combustíveis fósseis e a energia eléctrica – especificamente as suas emissões zero e preenchimento rápido – os ganhos são negados pelos métodos actuais de extracção que prejudicam o ambiente.

Além disso, devido à sua utilização relativamente escassa à escala global, o hidrogénio continua a ser caro, com os custos – cerca de 9x mais elevados carregando um veículo eléctrico – passados para o consumidor.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You May Also Like