Ducati a crescer apesar das contrariedades

Fonte: Ducati Press

A Ducati concluiu 2021 com um registo recorde de 59.447 motos entregues a clientes em todo o mundo e conseguindo um aumento de vendas de + 24% face a 2020 (48,042) e + 12% em relação a 2019 (53,183). Claudio Domenicali, CEO da Ducati confessou: ‘ 2021 foi um ano mágico para a Ducati. Entregámos mais de 59.000 motos, um número nunca antes conseguido em 95 anos da história da marca.’

Domenicali falou ainda dos projetos futuros da marca: ‘Estamos a investir num trilho de crescimento extremamente ambicioso que irá levar a companhia a melhorar ainda mais, entrando em novos segmentos de mercado. Com a DesertX teremos, a partir deste ano, uma proposta extremamente atrativa para os adeptos da aventura, e outros projetos ambiciosos estão atualmente em desenvolvimento’

Fonte: Ducati Press

Em 2021 o crescimento da Ducati aconteceu em todos os principais países, começando pelos Estados Unidos, que reconquistaram o lugar de mercado líder para a Ducati, com 9.0007 unidades que correspondem a um aumento de 32% face a 2020, seguido pela Itália com 8.707 motos (+ 23% em relação a 2020) e pela Alemanha com 6.107 unidades (+ 11% do que em 2020). O mercado chinês também cresceu, com 4.901 motos (+ 21%), bem como o francês com 4.352 (+ 12%) e o do Reino Unido com 2.941 unidades (+ 30%).

O enorme sucesso obtido durante o ano é confirmado pela Multistrada V4, que foi de longe mais vendida e apreciada motos pelos Ducatisti em 2021, com 9.957 motos entregues a clientes. A família Ducati Scrambler 800 seguiu-se com 9.059 unidades e a Monster com 8.734 motos vendidas. Estes resultados foram conseguidos apesar pela situação imprevisível gerada pela crise de fornecimentos que tem vindo a decorrer desde há algum tempo. É ainda uma situação muito volátil e está destinada a continuar ainda.

Fonte: Ducati Press

Para 2022, a Ducati apresentou nove modelos novos ao público durante a série web Ducati World Première, ajudando a criar uma gama ainda mais completa, pronta para satisfazer os desejos de todos os tipos de motociclistas. As expetativas são particularmente elevadas para a DesertX, a moto Ducati desenhada para enfrentar o off-road mais exigente, com roda dianteira de 21’’ e traseira de 18’’, suspensão de curso longo e ampla distância livre ao solo. Uma moto que transporta a Ducati para um mundo completamente novo, um símbolo de como a marca pode alargar os seus horizontes sem perder as suas raízes e a sua identidade desportiva, tal como se prova também com a Panigale V4 que, na sua mais recente etapa evolutiva, torna-se uma moto muito próxima de uma MotoGP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You May Also Like