BMW Group: Planos para digitalizar fábricas de veículos com scanner 3D em 2023

Fonte:www.press.bmwgroup.com

No início de 2023, a marca alemã terá uma digitalização em cada uma das suas fábricas de veículos em todo o mundo. Desta forma, a empresa está sistematicamente a fundir mundos reais e virtuais e a aproveitar o enorme potencial para um planeamento altamente eficiente de futuras estruturas e instalações de produção.

A par da ciência dos dados e da inteligência artificial, o planeamento virtual é um elemento central da digitalização dentro da visão estratégica da produção da BMW. O objetivo é tornar o planeamento e simulação de todos os processos e todo o sistema de produção 100% virtual. A virtualização leva o planeamento de todos os processos a um novo nível, permitindo a colaboração em tempo real entre diferentes localizações e diferentes fusos horários.

Fonte:www.press.bmwgroup.com

Para novas estruturas de produção futuras, o Grupo BMW contará com a cooperação da NVIDIA e da sua plataforma de software Omniverse. Isto significa que os planeadores podem realizar um “walk-through” virtual das fábricas do Grupo BMW a qualquer momento, a partir de qualquer lugar. Podem desenvolver sistemas de produção em conjunto no mundo virtual, comparar as melhores práticas e partilhar informação de forma rápida e eficaz dentro da rede BMW.

O Grupo BMW está a digitalizar as suas fábricas existentes em cooperação com a NavVis. A startup de Munique é considerada um dos principais fornecedores mundiais de tecnologia no campo da captura de realidade. Os scanners e lasers 3D móveis serão usados para criar imagens panorâmicas foto realistas, plantas de piso e parcelas de dispersão para todas as fábricas de veículos do Grupo BMW. Até ao início de 2023, são precisas até ao último detalhe, incluindo todas as estruturas de construção, instalações e áreas exteriores.

Desde Novembro de 2020, cerca de quatro milhões de metros quadrados de espaço interior e nove milhões de metros quadrados de espaço exterior nas instalações do Grupo BMW foram digitalizados através de sistemas portáteis de digitalização móvel e sistemas de drones. Até à primavera de 2023, os dados digitais também estarão disponíveis para as fábricas do Grupo BMW no México, África do Sul, Reino Unido e Dadong, China. A plataforma NavVis IVION Entreprise criará então uma imagem digital da realidade a partir destes enormes volumes de dados.

Fonte:www.press.bmwgroup.com

Cerca de 15.000 colaboradores da BMW já estão a trabalhar com estes dados, utilizando um software baseado na Cloud e na Web chamado BMW Factory Viewer. Com a ajuda deste software e com apenas alguns cliques, as plantas existentes podem ser praticamente inspecionadas, pontos específicos na produção encontrados através de pontos de interesse (POIs) e medições altamente precisas.

O sistema também permite que secções individuais das digitalizações 3D sejam cortadas e disponibilizadas a fornecedores externos. Isto poupa tempo e esforço durante o planeamento de produção, melhora a colaboração com interfaces internas e externas e elimina erros no planeamento.

Fonte:www.press.bmwgroup.com

Será uma boa questão, será que o Grupo BMW Motorrad irá tomar tais medidas? Se todo este processo de digitalização ajudar e simplificar a produção de veículos e num futuro próximo, das motos, não existe uma razão para tal não acontecer. O mercado das motos BMW está em claro crescente nos últimos anos e um investimento nas suas fábricas de produção como este seria sem dúvida mais um passo em frente da marca alemã. 

Resta-nos esperar por mais informações e atualizações da marca em relação a todo este processo de digitalização das fábricas do Grupo BMW.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You May Also Like