Bajaj e KTM colaboram em motos elétricas de topo de gama

Fonte:https://www.rideapart.com

A relação da KTM e Bajaj remonta a 2007. Durante os últimos 15 anos, os dois parceiros colaboraram em tudo, desde Pulsars a Dukes, e a muito aguardada linha 490 da KTM.

Advertisements

A última colaboração envolve uma plataforma eléctrica partilhada entre as duas empresas. Ambas as entidades têm-se concentrado nas e-scooters e na mobilidade urbana até este momento, mas parece que um modelo eléctrico de topo de gama não está fora de questão.

No início de 2022, o CEO Stefan Pierer defendeu o interesse da empresa em modelos elétricos.

Fonte:https://imgd.aeplcdn.com

Nos últimos meses, os concorrentes da KTM ocuparam o setor das motos elétricas. A Ducati exibiu o seu modelo de MotoE V21L em Junho de 2022, e a Triumph apresentou o seu protótipo TE-1 apenas um mês mais tarde, em Julho de 2022. Embora a KTM não estivesse preocupada com o mercado de motos eléctricas quando era apenas Harley-Davidson, Zero, e Energica a dar nas vistas, parece que agora a posição está a mudar à medida que marcas europeias mais estabelecidas se juntam à luta.

É claro que teremos de esperar que a KTM reconheça oficialmente a notícia, mas seria interessante ver uma Super-Duque elétrica, por exemplo. A concorrer, obviamente com a Energica Experia na categoria ADV, ou uma e-Super Adventure também despertava muito interesse. Por agora, no entanto, continuaremos só a pensar e a refletir na eventual hipótese de o fabricante austriaco intrometer-se com a concorrência.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You May Also Like