Horwin procura desenvolver baterias de Niobium enriquecido

Fonte: Horwin

O mercado das motos elétricas continua a evoluir seja com a presença de grandes construtores ou de pequenas Startups, todas arranjam lugar para gerar concorrência, desde baterias que podem ser trocadas, baterias de estado solido ao invés das conhecidas de gel.

Engenheiros e designers estão a descobrir que existe mais do que um caminho para a supremacia do mercado elétrico.

A Horwin é uma marca criada por entusiastas alemães, austríacos e chineses, em parceria com a empresa brasileira especialista em niobio, a CBMM, para desenvolver baterias de iões de lítio com niobio enriquecido.

Este material que se rivaliza em dureza com o titânio na escala de Mohs, e frequentemente utilizado para enriquecer outras ligas, também pela sua maneabilidade, está agora a ser aplicado em veículos elétricos.

Com um acordo entre a CBMM, Horwin e a Toshiba, será desenvolvido umas baterias com capacidade para serem recarregadas num curto espaço de tempo.

Comparadas com as atuais baterias da marca japonesa de oxido de titânio e lítio(LTO), estas novas ligas designadas de NTO permitiram reduzir o carregamento para intervalos de apenas 10 minutos e ter a capacidade multiplicada em 3 vezes.

Baterias Actuais
Fonte: Horwin

Uma vez produzidas a Horwin irá equipá-las num prototipo seu, similar à CR6. a versão atual deste modelo tem uma unidade motriz de 6.2kW ou 8.3cv, e com autonomia de 149.66km, e é esperado que as unidades equipadas com as NTO, aumentem drasticamente estes valores.

De acordo com a CEO da Horwin Brasil, Pricilla Favero, com a capacidade de desenvolvimento e espírito pioneiro da marca aliada a uma equipa altamente especializada, espera-se que estas novas baterias surjam no mercado brasileiro já no ano de 2024.

Alem dos claros benefícios da rapidez de carga, em termos de longevidade da bateria que permitira cerca de 20,000 cargas, que é sem duvida o maior salto tecnológico nos tempos mais recentes.

Em Fevereiro de  2022 a CBMM, celebrou uma parceria com a marca de motos elétricas Lightning. Se bem que com este parceiro o objetivo será desenvolver uma unidade leve e altamente eficiente para uma aplicação num modelos de alta performance. No caso do modelo da Horwin o objetivo é a autonomia e fiabilidade.

O responsável do programa de baterias da CBMM Rogério Marques Ribas, revela que com um elemento tão estável permite aplicações mais seguras e eficientes, e com as suas características físicas permitem melhor intercalar com o lítio o que irá permitir um carregamento completo em menos de dez minutos sem qualquer dano à bateria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You May Also Like