Preparação Indian FTR 1200 by Art on Wheels

A Art On Wheels é um conhecido preparador português com o seu Atelier na Beloura, liderado por Claudio Sousa que, após uma fase inicial em que transformava carros na sua empresa de então, a Modificar, tendo tido sempre vontade de desenvolver um projecto exclusivamente dedicado à transformação de motos, realidade para a qual arrancou sozinho tendo alguns anos depois associado-se a Luis Gomes, para vir a dar uma maior dimensão ao seu negócio.

A preparações são realizadas considerando em duas realidades, primeiro aquelas que por iniciativa própria a Art on Wheels decide executar e que são um exercício da sua exclusiva criatividade, e as segundas que são a pedido dos seus clientes, quer partindo de uma ideia inicial dos próprios, quer partindo de uma folha totalmente em branco onde é a própria Art on Wheels que apresenta ao seu cliente uma proposta inicial. Normalmente essa proposta inicial representa um ponto de partida que vai evoluindo, fruto de um processo criativo alinhado com o cliente e em função de um budget previamente acordado.

Ao longo do desenvolvimento de qualquer projecto existe uma ideia inicial que pode quase sempre sofrer alterações, algumas propostas pelo cliente e outras sugeridas pela própria Art on Wheels, sendo que muitas vezes a própria AOW chega a assumir o custo dessas mesmas alterações de forma a que o seu cunho seja bem expresso no resultado final.

Em relação ao projecto em questão, uma Indian FTR 1200, o mesmo foi solicitado por um cliente que anteriormente já tinha realizado outro projecto com a AOW, uma BMW R 80, que decidiu desta vez propor a transformação da sua Indian FTR, recentemente adquirida.  E o projecto começou de uma forma muito simples, referiu Claudio Sousa, o cliente não gostava dos piscas originais e pediu para trocar por uns de menor dimensão. Depois, em conversa foram surgindo mais ideias e de repente já se estava a falar de um projecto de maior dimensão que iria obrigar a uma intervenção mais significativa.

Não se pretendia alterar a ciclística original e apenas melhorá-la, razão pela qual cortes de chassi foram de imediato colocados de lado e assim a possibilidade de regressar ao modelo original com todas as suas peças originais ficou desde logo salvaguardada.

No processo de transformação foi considerada a inclusão de peças homologadas a nível europeu para que numa possível futura inspeção não venha a se penalizar a mesma. No entanto as eventuais regras relativamente a uma nova legislação em matéria de inspeção de motos é desconhecida e não se sabe até que ponto irão chegar as exigências.  O facto de a moto, com alguma facilidade, poder voltar ao seu formato original representa à partida uma salvaguarda face a  uma eventual legislação mais rígida que venha a ser implementada em Portugal.

A preparação teve como objectivo principal melhorar ainda mais a estética original da FTR 1200 já de si belíssima.  Foram montadas jantes raiadas da Kineo, um escape produzido artesanalmente pela Art on Wheels, em que todas as soldaduras são realizadas manualmente, com um desenho previamente realizado a partir da sua forma original e introduzindo alguma criatividade. Aqui a arte do conhecido soldador Bruno Lima, colaborador da Art on Wheels, revela um trabalho inigualável de uma precisão cirúrgica em que o resultado final contribui de forma definitiva para a exclusividade de que se reveste esta preparação.

Outros elementos fizeram parte também desta personalização, como sejam os espelhos e os intermitentes de menor dimensão, a posição da matrícula, algumas peças decoradas com imitação de carbono, os poisa-pés são também maquinados, o assento alterado no seu desenho a partir do original e forrado com um material distinto e foi colocado um écran frontal para lhe dar alguma proteção aerodinâmica

A pintura e decoração da FTR 1200 foi também realizada pela Art On Wheels introduzindo elementos decorativos que tem a ver com o histórico pessoal do cliente.

O processo criativo normalmente faz com que se desenvolva uma relação de amizade e confiança com cada cliente e o resultado final de cada preparação expressa quase sempre a intensidade com que ambos se entregaram em cada projecto. Na Art on Wheels cada cliente é sempre um amigo.

Na cobertura desta preparação pela Motorcycle Sports convidámos a modelo Marina Oliveira, enorme entusiasta das motos Custom, actualmente colaboradora da Art On Wheels, a participar na sessão fotográfica, fotográfica sendo o resultado final aquele que podem apreciar nas imagens que aqui publicamos, razão pela qual deixamos aqui também expresso o nosso agradecimento.

A Indian FTR 1200 by Art On Wheels, de acordo com o comentado por Claudio Sousa, irá estar presente em várias exposições e iniciativas do preparador no sentido de mostrar o trabalho realizado e ilustrar a visão que a AOW tem nas preparações que executa.

Mais trabalhos e preparações da Art on Wheels e de outros atelier nacionais irão passar a ter a nossa atenção e cobertura, pois é um universo paralelo nas duas rodas que desperta um enorme fascínio no sector e nos nossos leitores.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 3Z3A7245-1024x682.jpg

About Author /

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Start typing and press Enter to search