Yamaha rejeita motores híbridos no MotoGP

Fonte:© Luigi Soldano/Milagro

A proteção ambiental é uma preocupação cada vez maior nos dias que correm, e o desporto motorizado não tem ficado indiferente. No MotoGP em concreto, em 2027 será obrigatório usar biocombustíveis e já há quem fale em unidades motrizes híbridas – como a Ducati. Porém, o diretor de gestão da Yamaha, Lin Jarvis, deixou bem claro que essa não é a solução por agora.

Advertisements

Em entrevista ao site SPEEDWEEK.com, o britânico deixou bem claro que a Yamaha não quer motorizações híbridas no MotoGP, pelo menos neste momento: ‘É muito importante que o nosso desporto continue a ser sustentável em termos de custos. ‘ 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You May Also Like