LCR Honda é a equipa «mais apertada» em número de motores usados

Fonte:© Tino Martino/Milagro

Foram já disputadas 11 rondas do Mundial de MotoGP e faltam nove para acabar a época, estando cumprida mais de metade da campanha. Como é sabido, todas as equipas estão obrigadas a respeitar um máximo de motores – sete, exceto a Aprilia que devido às concessões ainda pode usar nove em 2022. E a LCR Honda está numa situação com menor margem de manobra.

Advertisements

Segundo o site paddock-gp.com, Álex Márquez e Takaaki Nakagami utilizaram já cinco dos sete motores disponíveis. Mais 12 pilotos registam a mesma quantidade, mas o maior problema de cada um dos pilotos da LCR Honda é que já têm três motores descartados

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You May Also Like