Escândalo no MotoGP: algumas equipas podem ter feito batota ao usar a pressão errada dos pneus

Algumas equipas de MotoGP estarão a contornar os regulamentos relativos aos pneus. Como fica evidente nas habituais declarações de análise dos pilotos, o pneu dianteiro desempenha um papel fundamental no rendimento de uma moto de MotoGP, uma vez que se não transmitir as sensações corretas o piloto não consegue ser tão eficaz em todas as fases de uma curva – da entrada até à saída.

Advertisements

Segundo o MotorsportMagazine, em causa está o uso de pressão fora dos limites mínimos definidos. A redução da pressão pode resultar numa melhoria ligeira, mas importante, da aderência da roda frontal. O mesmo site mostra um documento oficial das pressões dos pneus que mostram que Francesco Bagnaia (Ducati), Jorge Martín (Pramac/Ducati) e Álex Rins (Team Suzuki Ecstar) não tiveram a pressão do pneu frontal das suas motos dentro dos limites durante parte ou a totalidade da corrida do GP de Espanha. O mesmo aconteceu com o pneu traseiro na Yamaha de Andrea Dovizioso (WithU Yamaha RNF MotoGP Team).

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You May Also Like