Notícias

Afinal a Ducati não muda de mãos

newsletter

pub

04 / outubro, 2017

Grupo Volkswagen já terá dado indicações à entidade que estava à procura de interessados para cancelar negócio.

Os rumores sobre a possível venda da Ducati pelo Grupo Volkswagen têm sido um dos assuntos mais comentados na indústria das duas rodas, especialmente pelos fãs da marca de Borgo Panigale, pois o futuro da “sua” marca estava em aberto.

Mas depois de muito se falar sobre o assunto, e de muitos rumores apontarem para que o negócio estaria feito, eis que na reunião que se realizou na sede do Grupo Volkswagen na Alemanha a Comissão de Trabalhadores recusou por completo a hipótese do grupo vender a Ducati.

Na reunião do Conselho Consultivo as opiniões dividiram-se em relação à venda da Ducati: metade do conselho mostrou-se dividida, mas a outra metade, que pertence à Comissão de Trabalhadores, mostrou-se totalmente contra a venda da marca italiana que desde há alguns anos integra o Grupo Volkswagen.

Sendo assim, e de acordo com informações divulgadas por alguns meios de comunicação social italianos, Claudio Domenicali, CEO da Ducati, já terá confidenciado aos seus colaboradores mais próximos que não existirá venda da Ducati, enquanto Rupert Stadler, CEO da Audi, também já terá feito o mesmo.

Com o resolver desta situação, a Ducati liderada por Domenicali pode agora concentrar-se totalmente nos projetos para o futuro a curto e médio prazo, sendo a nova superdesportiva V4 o projeto que mais atenções está a despertar.

pub

Destaques

Edições ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais