Notícias

Chegou a nova CRF250R!

newsletter

pub

08 / agosto, 2017

Novo motor é a arma da Honda para que a CRF250R de 2018 seja a derradeira máquina dos “holeshot” nas pistas!

Já desde maio deste ano que se sabia que a Honda estava perto de apresentar uma nova CRF250R, modelo com que a marca nipónica conta para arrecadar as vitórias no motocross, pois no Japão a moto estava a ser testada em condições de competição tendo em vista a apresentação da versão de produção.

E eis que a Honda revelou, no final do mês de julho, a versão 2018 da sua CRF250R.

Adotando a filosofia “Absolute Holeshot”, esta nova máquina da Honda vai chegar aos concessionários e pistas de MX já no próximo outuno com um preço que a Honda Portugal ainda não confirmou. Fique atento à sua Revista MOTOCICLISMO para mais detalhes em relação a esta informação.

E o que é que tem de novo a CRF250R, para além do design?

O motor é totalmente novo! Com o objetivo de disponibilizar mais potência, particularmente nos regimes mais elevados, o monocilíndrico foi profundamente modificado e será efetivamente o primeiro motor com duas árvores de cames à cabeça (DOHC) que a Honda utiliza nos modelos de MX. Diâmetro do pistão maior e um curso mais curto, em conjunto com nova admissão, permitem à CRF250R fazer mais rotações, e a potência em relação ao modelo precedente sofre um aumento de 9%, sendo também disponibilizada de uma forma mais agressiva.

 

Veja aqui o vídeo das características e benefícios da Honda CRF250R

 

 

A saída de gases de escape foi também significativamente alterada com a utilização de dois coletores independentes que terminam em duas ponteiras. Esta solução técnica de construção do sistema de escape permitiu à Honda centralizar o peso do conjunto, para além de melhorar o fluxo de gases, algo que, tal como já referimos anteriormente, permite ao motor da CRF250R desenvolver mais potência, sendo que o piloto poderá selecionar um dos vários mapas (3 mapas) de injeção disponíveis através do toque de um botão. Também por botão, o arranque é elétrico.

Mas não é só de potência que a CRF250R é feita! Na realidade a Honda trabalhou também a agilidade desta versão de motocross. Não só aproveitaram o novo sistema de escape para otimizar a distribuição de peso, baixando o centro de gravidade, o que permite que o piloto acelere com mais confiança pois a frente estará mais tempo em contacto com o solo, como também aplicaram à versão 2018 da CRF250R um novo subquadro, um depósito de combustível em titânio em vez do antigo em plástico, sendo agora a moto mais esguia o que vai garantir ao piloto uma maior liberdade de movimentos em cima da moto nas zonas mais sinuosas dos circuitos de MX.

As suspensões regressam à construção mais convencional de molas, com a Honda a abandonar as antigas suspensões a ar. A cargo da Showa, a forquilha tem bainhas de 49 mm de diâmetro, e as afinações e comportamento destas suspensões convencionais garantem ao piloto um “feeling” mais agradável na absorção dos impactos e leitura do terreno.

 

Veja aqui a galeria de fotos da Honda CRF250R de 2018

 

pub

Destaques

Notícias ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais