Notícias

Road Miles: um sucesso na estreia

newsletter

pub

12 / abril, 2017

A primeira edição do Road Miles – Motorcycle Roadbook Challenge decorreu na zona centro, com QG em Tomar. Um sucesso a repetir. (c/galeria de fotos)

Um novo desafio mototurístico que será, certamente, o primeiro de muitos: o Road Miles – Motorcycle Roadbook Challenge, propunha uma aventura diferente e, como nos conta mais abaixo o nosso colaborador Pedro Soares Lourenço – acompanhado pelas fotos do Luís Duarte, que serão publicadas na próxima edição da MOTOCICLISMO – é “só para quem ama verdadeiramente andar de moto”.

Apoiado desde o primeiro momento pela nossa revista, o Road Miles foi mais uma grande iniciativa saída de um trio bem experiente nestas andanças, e que tem estado na génese de muito do que se tem feito a nível de mototurismo e TT em Portugal: Rui Baltazar, Luís Lourenço e Jorge Gameiro, acompanhados por um bem estruturado “dream team”

“O Road Miles não é para todos. Mas sim apenas para quem ama verdadeiramente andar de moto. Notem, não sendo para todos é, definitivamente, para todas as motos, querem ler?

O Road Miles - Motorcycle RoadBook Challenge é um evento que consiste num percurso de navegação a roadbook, podendo ser efetuado a solo ou em pequenos grupos, com o objetivo de realizar num só dia as trezentas ou quinhentas milhas propostas nos dois desafios paralelos – Road Miles 300 e 500. A promessa da organização era a escolha de criteriosa do percurso em função da sua beleza paisagística, histórica e cultural. 

O “campo base” escolhido foi o excelente Hotel dos Templários em Tomar, onde os participantes começaram a chegar durante a tarde de sexta-feira, dia 7 de abril. Aí pelas 18h00 foram todos acolhidos pelo Secretariado, sendo distribuída a documentação do evento. O briefing deu-se depois do jantar e, conhecido o percurso e retiradas dúvidas, foi tempo de descansar o corpo, pois a partida daqueles que aceitaram o desafio para efetuar o percurso maior, quinhentas milhas, seria dada ao nascer do sol, por volta das sete da manhã do dia seguinte.

Os sorrisos não escondiam o que ia na alma. A expectativa por estar a viver um momento diferente na história do mototurismo em Portugal era evidente: esta era a primeira vez que uma “prova” desta envergadura ia para a estrada entre nós. Com a partida oficial a ser dada junto ao edifico da Câmara Municipal de Tomar…, Ourém, Fátima, Batalha, São Pedro de Moel e o seu pinhal circundante foram devorados freneticamente. O primeiro destaque estaria logo ali: a agora célebre Praia do Norte na Nazaré.

A sorte protege os audazes e a até a meteorologia deu uma ajuda, O dia estava absolutamente glorioso e àquela luz da manhã, pelas oito e meia, céu, terra e mar apresentavam um diálogo perfeito. Muitos terão por momentos pensado “fico já aqui” mas…, estavam percorridas apenas pouco mais de cinquenta milhas…, um décimo do dia para os mais aventureiros.

Como ficou dito, o Road Miles não sendo para todos é, para todas as motos. Até CP1, no pequeno Éden de Olhos d’Água, nascente do Rio Alviela, segui na roda de uma BMW K75 com uns bons quarenta anos. Quem a conduzia, para além de navegar de forma exímia, sem mácula, conduzia a “velhota afinada” pelas tortuosas mas rápidas estradas do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros de forma tremendamente eficaz. Que lição!

Olhos d’Água convidava a uma paragem mais prolongada, para mim, que não ia fazer todo o percurso. Fiquei entretido a olhar para a excelente aplicação, disponível para “telefones espertos”, que a organização fornecia aos participantes com o objetivo de todos saberem de todos em tempo real.

CP2 e o almoço esperavam todos em Mação. Isto é…, exatamente 243.33 milhas apos a partida. Caldo verde, bifanas de classe, fruta e bebidas, tudo bem e rapidamente servido pelo MAC TT.

Dali, as “500 Milhas” ainda foram dar uma “voltinha” até ao Alto-Alentejo passando, por exemplo, por Marvão. O CP3 estava colocado em Oleiros.

A mágica e bucólica Dornes acolheu o CP4. E recebia os “loucos por asfalto” com quase trinta graus de temperatura…, em abril. Aqui, 442.80 milhas após a saída (712,73 km) em Tomar, onze horas depois da partida, chegavam, com um incrível sorriso nos lábios, os primeiros participantes das “500 milhas”. Questionados, Cláudio e Felipe estavam a adorar e a achar…, fácil. Só é preciso disciplina, diziam.

A opinião, quase unânime, era de que o roadbook estava meticuloso e facilitava a navegação, o passeio tinha sido lindíssimo e o desafio para repetir.

A organização também tinha superado o seu desafio. Trazer até nós e levar a bom termo um novo desafio de mototurismo de aventura. Correu bem e a questão impunha-se. Para repetir? Pois claro…, o Road Miles pode voltar em breve, quem sabe ainda este ano mas noutra zona do nosso lindíssimo Portugal

Luís Silva em Triumph e Luís Rosa em BMW foram os mais regulares, respetivamente nas trezentas e quinhentas milhas. Atrevam-se a sair da vossa zona de conforto enquanto mototuristas e partam no próximo desafio.”

Pedro Soares Lourenço
Fotos de Luís Duarte / MOTOCICLISMO

Vejam em seguida a Galeria com algumas fotos do evento

 

pub

Destaques

Edições ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais
Notícias ver mais