MotoGP

Moto2 Malásia: Oliveira intocável!

newsletter

pub

29 / outubro, 2017

Miguel Oliveira dominou por completo a corrida de Moto2 no dia em que Morbidelli se sagrou campeão.

Sob intenso calor - 34º de temperatura ambiente - decorreu hoje a penúltima corrida do ano do Mundial Moto2 no circuito de Sepang, a contar para o Grande Prémio da Malásia. Franco Morbidelli (EG 0,0 Marc VDS) sabia à partida que seria coroado campeão qualquer que fosse o resultado, pois em resultado do violento "highside" sofrido na qualificação, Tom Luthi (CarXpert Interwetten) fraturou o tornozelo esquerdo e ficou fora de ação, "oferecendo" o título ao italiano quando ainda falta realizar o Grande Prémio da Comunidade Valenciana.

No entanto quem mais brilhou hoje em Sepang voltou a ser o "nosso" Miguel Oliveira, que aos comandos da cada vez mais competitiva Red Bull KTM Ajo, voltou a repetir a dose da Austrália! Oliveira arrancou da segunda posição da grelha para a corrida de 19 voltas, mas assim que os semáforos apagaram, o português saltou para a liderança com um excelente arranque e a partir daí nunca mais foi incomodado.

Ao longo da corrida Miguel Oliveira foi sendo invariavelmente mais rápido que o grupo de adversários que o perseguiu e que era composto por Franco Morbidelli, Brad Binder e Francesco Bagnaia, com o italiano da SKY VR46 a não aguentar o ritmo de Morbidelli e Binder e a perder o contacto com o grupo que lutava pela segunda posição.

Lá na frente Miguel Oliveira foi registando volta rápida atrás de volta rápida, está agora na sua posse o recorde do circuito em corrida, e no final da corrida, quando a cerca de cinco voltas do final começaram a cair algumas gotas de água, o piloto da KTM acabou mesmo por gerir a vantagem até final, uma repetição do que tinha acontecido há uma semana em Phillip Island, e terminou as 19 voltas com 2,3 segundos de vantagem sobre o seu companheiro de equipa Brad Binder, que também repetiu o excelente resultado da Austrália e garantiu nova dobradinha para a KTM, na frente de Franco Morbidelli que mesmo com o terceiro posto celebrou efusivamente a conquista do ambicionado título das Moto2.

Com a vitória em Sepang, e com a desistência de Alex Marquez (EG 0,0 Marc VDS) ainda nas voltas iniciais após duas quedas, Miguel Oliveira conseguiu também garantir desde já o terceiro lugar final no campeonato de Moto2, pois com 26 pontos de vantagem sobre o espanhol, e só com a corrida de Valência para realizar, já não há hipóteses de Marquez remover Oliveira do merecido pódio do Mundial Moto2.

No final desta corrida perfeita para o jovem luso, a emoção era evidente na cara do piloto de Almada, que não conteve as lágrimas enquanto se ouvia o hino nacional no pódio de Sepang e não escondeu que teve de alterar a estratégia prevista para a corrida de hoje

"Sim, estou bastante cansado e não sei se consigo dizer muitas palavras", disse Miguel Oliveira em declarações antes de subir ao pódio. "A minha estratégia não era ir embora, eu queria ficar atrás do Morbidelli, seguir com ele. Mas no arranque e primeiras voltas percebi que tinha de ir embora. É mais uma vitória importante para nós".

Já Franco Morbidelli, na análise ao momento em que conquista o título de campeão, fez questão de destacar a rapidez das KTM e deixar uma palavra para o seu adversário que não competiu por estar lesionado

"Tenho muita pena pelo Tom. Mas foi uma grande temporada para nós. Queria mesmo terminar no pódio para concluir a temporada da melhor forma e celebrar o título, mas as KTM foram demasiado rápidas hoje".

Classificação das Moto2 do Grande Prémio da Malásia

1- Miguel Oliveira - KTM
2- Brad Binder - KTM
3- Franco Morbidelli - Kalex
4- Mattia Pasini - Kalex
5- Francesco Bagnaia - Kalex

Classificação Mundial Moto2

1 - Franco Morbidelli - 288 pontos
2 - Thomas Luthi - 243 pontos
3 - Miguel Oliveira - 216 pontos
4 - Alex Marquez - 190 pontos
5 - Francesco Bagnaia - 161 pontos

pub

Destaques

MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais