MotoGP

Viñales é Top Gun em Phillip Island

newsletter

pub

16 / fevereiro, 2017

Piloto da Yamaha volta ao topo da tabela classificativa no Segundo dia de testes de pré-época em Phillip Island.

 

No seguimento das espetaculares performances realizadas aquando dos testes de Valência e das primeiras sessões de testes de pré-época em Sepang, já ninguém ficaria surpreendido por ver Maverick Viñales no topo da tabela de tempos dos testes que se realizam por estes dias na Austrália. No entanto, o recém-chegado piloto à Yamaha foi ontem suplantado por Marc Márquez enquanto testava novas afinações na sua moto junto a Valentino Rossi.

Mas ao segundo dia, dedicado na equipa Yamaha ao ritmo de corrida e a algumas tentativas de voltas rápidas, Viñales voltou a mostrar a sua mestria ao rodar em 1m28.847s, seis décimas mais rápido que Márquez no dia de ontem e quatro décimas mais rápido que o piloto da Repsol Honda na sessão de hoje, rompendo assim a barreira do segundo 28.

Márquez mostrou-se satisfeito com o trabalho realizado hoje onde se dedicou sobretudo ao ritmo de corrida sem deixar de testar algumas novidades na sua moto na busca pelo acerto perfeito que o fará sentir-se a 100% para o arranque do campeonato.

Em terceiro lugar ficou Cal Cruthchlow, o britânico aos comandos da Honda da LCR, que continua o trabalho de desenvolvimento na sua moto.

Alvaro Bautista foi quarto, ocupando o lugar da melhor Ducati, à frente de Andrea Dovizioso e bem longe do 15º lugar de Jorge Lorenzo que após o final do dia afirmou não compreender como Bautista aos comandos de uma Desmosedici GP16 consegue ser tão mais veloz que os pilotos oficiais com a GP17. Contrastando com o descontentamento do espanhol da Ducati, tivemos um Aléix Espargaró bastante satisfeito com o trabalho desenvolvido na Aprilia oficial que lhe permitiu registar o sexto melhor tempo.

Valentino Rossi foi oitavo atrás de Jonas Folger neste que foi o dia do seu 38º aniversário passado a trabalhar intensamente no desenvolvimento da sua M1 no idílico e desafiante traçado do circuito de Phillip Island o que se traduziu simultaneamente num dia bastante intenso e de enorme prazer. Alex Rins e Jack Miller fecham o top dez.

Realiza-se amanhã o último destes três dias de teste em Phillip Island, altura em que os pilotos e equipas rumam a Losail no Qatar para a última jornada de testes seguida do primeiro Grande Prémio da época.

 

 

Classificação

Posição

Piloto

Equipa

Tempo

Diferença

Voltas

1

VIÑALES, Maverick

Movistar Yamaha MotoGP

1:28.847

 

80

2

MARQUEZ, Marc

Repsol Honda Team

1:29.309

0.462

107

3

CRUTCHLOW, Cal

LCR Honda

1:29.325

0.478

80

4

BAUTISTA, Alvaro

Pull&Bear Aspar Team

1:29.411

0.564

86

5

DOVIZIOSO, Andrea

Ducati Team

1:29.483

0.636

55

6

ESPARGARO, Aleix

Aprilia Racing Team Gresini

1:29.501

0.654

69

7

FOLGER, Jonas

Monster Yamaha Tech 3

1:29.664

0.817

65

8

ROSSI, Valentino

Movistar Yamaha MotoGP

1:29.674

0.827

70

9

RINS, Alex

Team SUZUKI ECSTAR

1:29.802

0.955

80

10

MILLER, Jack

Team EG 0,0 Marc VDS

1:29.838

0.991

83

11

ZARCO, Johann

Monster Yamaha Tech 3

1:29.880

1.033

88

12

IANNONE, Andrea

Team SUZUKI ECSTAR

1:29.947

1.100

72

13

ABRAHAM, Karel

Pull&Bear Aspar Team

1:30.142

1.295

73

14

PETRUCCI, Danilo

Octo Pramac Racing

1:30.150

1.303

65

15

LORENZO, Jorge

Ducati Team

1:30.197

1.350

64

16

PEDROSA, Dani

Repsol Honda Team

1:30.245

1.398

40

17

BARBERA, Hector

Reale Esponsorama Racing

1:30.352

1.505

62

18

REDDING, Scott

Octo Pramac Racing

1:30.435

1.588

90

19

ESPARGARO, Pol

Red Bull KTM Factory Racing

1:30.645

1.798

59

20

BAZ, Loris

Reale Esponsorama Racing

1:30.852

2.005

53

21

LOWES, Sam

Aprilia Racing Team Gresini

1:30.895

2.048

64

22

SMITH, Bradley

Red Bull KTM Factory Racing

1:31.704

2.857

81

pub

Destaques

MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais Um dos casos mais famosos em que foi aplicada a penalização de pontos: Rossi e Marquez, em Sepang 2015, numa altura em que Rossi lutava com Lorenzo pelo título de MotoGP