MotoGP

Moto2: Miguel Oliveira entra da melhor forma em 2017

newsletter

pub

10 / fevereiro, 2017

Piloto português dominou sessão de dois dias de testes privados das Moto2 em Valência.

Os pilotos da categoria intermédia do Mundial de Velocidade, Moto2, regressaram às pistas após a pausa obrigatória de inverno. Numa sessão de testes privados no circuito Ricardo Tormo, Miguel Oliveira, que esta temporada retornou à KTM após ter-se sagrado vice-campeão de Moto3 em 2015 com a marca austríaca, esteve em grande destaque e liderou de forma consistente a tabela de tempos.

Apesar de muitas ausências nestes testes privados – apenas estiveram em pista cinco pilotos Moto2 -, Miguel Oliveira não perdeu tempo e aproveitou da melhor forma os dois dias de testes para se habituar à nova moto desta temporada.

A KTM trabalhou intensamente este projeto de Moto2 ao longo da pausa de inverno, incluindo testes em tunel de vento para melhorar a aerodinâmica do conjunto que usa motor Honda (obrigatório na categoria) e uma estrutura fabricada pela WP, com destaque para o quadro tubular.

No primeiro dia dos testes Miguel Oliveira, devido às condições climatéricas no Ricardo Tormo, aproveitou para acumular voltas em cima da KTM Moto2. Sem ter a pressão de testar material novo nesse primeiro dia ou de fazer tempos, o piloto português foi ainda assim o mais rápido com uma volta de 1’37.162s após completar 49 voltas ao circuito valenciano.

Já no segundo dia as condições climatéricas melhoraram significativamente, especialmente ao nível do vento, e assim o talentoso português abordou o teste com objetivo de testar soluções que melhorem a moto austríaca. Acumulou um total de 67 voltas no segundo dia, e para além de ter conseguido a melhor volta do dia com um tempo de 1’35.887s, foi aliás o único piloto a baixar para o segundo 35, o nosso “MIG44” encontrou forma de melhorar o comportamento da KTM ao nível das suspensões realizando simulações de corrida com pneus usados

“Foram dois dias de muito trabalho com muitas voltas, sobretudo hoje (5ª feira) que a temperatura estava boa para rodar e com muito menos vento que ontem, o que nos permitiu experimentar muitas coisas. Centramo-nos mais parte traseira da moto sem nos concentrar no que seria uma volta rápida, e experimentar tudo simulando as condições de corrida com pneus bastante usados. Comparativamente à moto que rodei aqui da última vez é a mesma, mas o que mudou bastante foram as afinações e a forma de trabalho das suspensões. O próximo teste é em Jerez, uma pista bastante diferente desta e onde teremos inclusivamente pneus mais macios para usar, mas temos ainda que melhorar a parte traseira para chegarmos aí mais tranquilos. O positivo é que temos muitas ideias e por isso estou confiante”.

 

Aqui fica a tabela dos melhores tempos de Moto2 nestes testes privados de Valência

 

1 44 Miguel Oliveira KTM 1:35.887  

2 22 Fabio Quartararo Kalex 1:36.057 0.170s

3 23 Marcel Schrotter Suter 1:36.260 0.373s

4 21 Edgar Pons Kalex 1:36.563 0.676s

5 88 Ricky Cardus KTM 1:36.884 0.997s

Fique atento a www.motociclismo.pt para mais novidades sobre a preparação de Miguel Oliveira e da KTM para a temporada 2017 do Mundial Moto2. A não perder!

pub

Destaques

MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais