MotoGP

Viñales deixa Sepang com tempo mais rápido

newsletter

pub

01 / fevereiro, 2017

O derradeiro dia de testes em solo malaio viu Maverick Viñales rodar com o tempo mais rápido nesta que foi também a sessão onde3 os pilotos começaram a procurar voltas rápidas.

 

Chegaram ao fim os três primeiros dias de testes de pré-época no traçado do Circuito Internacional de Sepang onde pilotos e equipas procuraram adaptar as suas máquinas para 2017.

Depois de dois dias onde Stoner e Iannone surpreenderam com tempos muitíssimo rápidos, o terceiro dia trouxe ao top da tabela de tempos um nome que qualquer fã atento de MotoGP já aí procurava desde o primeiro dia: Maverick Viñales. Depois de ter saído de Valencia com o crono mais rápido, o piloto da Yamaha voltou a fechar uma sessão de testes com chave de ouro ao rodar em 1m59.368s. Viñales volta assim a mostra não só a competitividade da sua nova moto como demonstra um crescente à vontade, especialmente com as condições de tração proporcionadas pela M1 que, segundo o piloto, tornam tudo mais fácil.

Em segundo lugar encontramos Marc Márquez que continua com a árdua tarefa de escolher entre o novo motor da Honda, mais potente, mas um pouco mais arisco, ou manter a unidade motriz de 2016 e procurar espremer toda a potência do bloco. Independentemente do trabalho de desenvolvimento, Márquez rodou a apenas uma décima de Viñales e elimina assim qualquer desconfiança relativa à sua performance nos últimos dois dias de teste.

Andrea Dovizioso levou a Ducati Desmosedici GP17 ao terceiro lugar, nesta que foi mais uma boa prestação da máquina italiana, seguido de Dani Pedrosa e Valentino Rossi em quarto e quinto respetivamente. Casey Stoner voltou a rodar registando o sétimo melhor tempo, duas posições à frente de Jorge Lorenzo em nono. Johann Zarco fechou o top dez que, curiosamente, é constituído por pilotos que rodaram hoje no segundo 59, um número que contrasta significativamente com os 2 pilotos que conseguiram rodar neste crono em cada um dos últimos dois dias de teste.

As Suzuki que Iannone e Rins foram apenas 11º e 12º, respetivamente, demonstrando que, apesar do excelente resultado de ontem, ainda existe algum tarbalho a desenvolver na equipa de Hamamatsu.

Os pilotos de MotoGP regressam às pistas no dia 15 de fevereiro para o segundo teste de pré-época que se realiza no Circuito de Phillipp Island, na Austrália.

 

Classificação 3º dia de testes - Sepang 

Posição

Piloto

Equipa

Tempo

Diferença

Voltas

1

VIÑALES, Maverick

Movistar Yamaha MotoGP

1:59.368

 

72

2

MARQUEZ, Marc

Repsol Honda Team

1:59.506

0.138

85

3

DOVIZIOSO, Andrea

Ducati Team

1:59.553

0.185

56

4

PEDROSA, Dani

Repsol Honda Team

1:59.578

0.210

67

5

ROSSI, Valentino

Movistar Yamaha MotoGP

1:59.589

0.221

62

6

BAUTISTA, Alvaro

Pull&Bear Aspar Team

1:59.628

0.260

64

7

STONER, Casey

Ducati Test Team

1:59.639

0.271

46

8

CRUTCHLOW, Cal

LCR Honda

1:59.728

0.360

71

9

LORENZO, Jorge

Ducati Team

1:59.766

0.398

66

10

ZARCO, Johann

Monster Yamaha Tech 3

1:59.772

0.404

45

11

IANNONE, Andrea

Team SUZUKI ECSTAR

2:00.045

0.677

49

12

RINS, Alex

Team SUZUKI ECSTAR

2:00.057

0.689

60

13

ESPARGARO, Aleix

Aprilia Racing Team Gresini

2:00.108

0.740

53

14

PETRUCCI, Danilo

Octo Pramac Racing

2:00.310

0.942

53

15

FOLGER, Jonas

Monster Yamaha Tech 3

2:00.312

0.944

54

16

MILLER, Jack

Team EG 0,0 Marc VDS

2:00.439

1.071

70

17

ABRAHAM, Karel

Pull&Bear Aspar Team

2:00.445

1.077

38

18

BARBERA, Hector

Reale Esponsorama Racing

2:00.537

1.169

50

19

REDDING, Scott

Octo Pramac Racing

2:00.645

1.277

74

20

BAZ, Loris

Reale Esponsorama Racing

2:00.873

1.505

58

21

SMITH, Bradley

Red Bull KTM Factory Racing

2:01.338

1.970

62

22

LOWES, Sam

Aprilia Racing Team Gresini

2:01.341

1.973

43

23

ESPARGARO, Pol

Red Bull KTM Factory Racing

2:01.506

2.138

67

24

NAKASUGA, Katsuyuki

Yamaha Factory Racing

2:01.658

2.290

30

25

TSUDA, Takuya

Suzuki Test Team

2:02.769

3.401

68

pub

Destaques

MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais
MotoGP ver mais Um dos casos mais famosos em que foi aplicada a penalização de pontos: Rossi e Marquez, em Sepang 2015, numa altura em que Rossi lutava com Lorenzo pelo título de MotoGP